Entrevista exclusiva com Serafim Vieira

- by Dhin Akari


Por Din Akari Kei

Independentemente de você ser alguém muito jovem ou mais velho, existe alguma coisa que lhe aflige. Alguma mágoa, alguma perda ou a ausência de alguém em sua vida. Talvez seja uma doença física, mental ou no campo das emoções. Pode que seja também algum comportamento seu que não consegue mudar e por isso até este momento de sua vida algumas situações tem se repetido e mesmo percebendo essa repetição não consegue mudar. 

Medos, tristezas ou incertezas. O que lhe aflige?

Na cultura ocidental em que estamos, forjada nos moldes da religiosidade judaico-cristã e regida pelo capitalismo, somos motivados a investir nossos recursos (financeiros, emocionais) em bens, serviços e comportamentos que na maioria das vezes nos dão a ilusão de preencher os vazios das aflições citadas anteriormente.Mas muitas vezes essa busca só acumula "cargas emocionais não resolvidas". Aqueles mais astutos dão-se conta de que esse vazio, essa dor emocional, essa confusão psíquica, não se vai mesmo que se esforce para atender as exigências desta cultura ocidental que nos afasta de quem realmente somos. A cultura nos afasta da saúde.

Esta saúde é dita num conceito amplo, holístico. É a saúde da totalidade do seu ser em todos os campos: mental, físico, libidinal, emocional, social, financeiro, espiritual e tantos outros que poderia citar. Uma vez que entenda que você tem sido levado a atender à muitas expectativas que não são suas, mas sim da família, da cultura, perceberá que investe seus recursos em coisas externas a sí que não o fazem "melhor". Nessa jornada a maioria dos humanos perde a saúde pouco a pouco.

Entretanto, na época em que estamos há algumas formas de reconectar-se à sua saúde, de produzir bem-estar interior para sí mesmo, primeiramente. Você, assim como a maioria, está tão absorvido pela cultura alienante que só pensa em investir seus esforços nos bens materiais, em como as pessoas vão ver você e nas expectativas (dos outros) as quais acredita que deve atender. Você vai conseguir "ser feliz" assim? Mas e se você investir em sí mesmo? E se você resolver se tornar alguém diferente da massa e ao invés de olhar para fora, olhar para dentro? 

Romper com a massa, abandonar o pensamento de manada, é ser dono de sí. É pensar com a própria cabeça.

"Nunca é alto o preço a pagar pelo privilégio de pertencer a sí mesmo." Nietzsche

A pessoa mais importante da sua vida, é quem? Reflita um pouco para responder.
Aposto que você pensou em alguém pelo qual tem muito afeto, acertei? Pois então sua resposta está redondamente equivocada.

A pessoa mais importante da sua vida é VOCÊ! Isso mesmo, você!
Quando você nasceu sua mãe e seu pai, ou qualquer outra pessoa que o tenha acolhido neste mundo, esteve (ou estará) com você até um certo momento e depois partirá, seja por circunstâncias da vida, seja pelo fim dela. Você também tem amigos, companheiro ou companheira, filhos, parentes... enfim. Todas essas pessoas estarão em sua vida por um tempo (longo ou pequeno), mas fatalmente todas elas vão partir. E quem estará lá com você? Você mesmo! 

Você está com você a todo instante e por isso precisa estar de bem com todos os aspectos que fazem parte de ti, que te compõem.

Entende? É demasiadamente importante que você entenda que precisa investir em sí, na sua saúde, no seu bem-estar e qualidade de vida. Na prosperidade de sua alma. Na expansão de suas ideias.

É uma trajetória egoísta, a princípio, mas ela deve ser assim. Logo que você estiver melhor consigo, conseguirá ajudar aos outros. Poderia um doente ajudar a outro com eficácia? Dificilmente. 

O que muitas pessoas as vezes querem é descobrir como tornar-se dono de sí mesmo, sozinho. Sem precisar da ajuda de alguém mais experiente, de algum mestre, de algum PROFISSIONAL, e é aí que podem se perder.
Qual é o problema de reconhecer que precisa de ajuda? Precisar de ajuda não é vergonha alguma, negar que precisa dela é que pode ser um "defeito" de ego. Reconhecer que precisa de ajuda não é fraqueza, é força, é humildade.

Há um homem que esteve há alguns anos procurando esta "reconexão" de si consigo mesmo. E foi nesta jornada de cursos que Serafim Vieira foi designado para ser um catalizador de mudanças na vida de várias pessoas e consequentemente da mudança global.

Foi assim que surgiu a Transmissão do Retorno à Fonte. Esta terapia energética/espiritual que tem provocado curas incríveis em várias pessoas. Tudo de maneira "sobrenatural".
Torne-se também um catalizador dessa transformação. Melhore sua vida e a de outras pessoas com esta frequência chamada TRF!

Entrevistado por Patrícia Gomes (uma amiga iniciática), Mestre Serafim Vieira, o "pai" da Transmissão do Retorno à Fonte, concedeu entrevista exclusiva para o Fator Quântico. Nela, com seu gostoso sotaque de Portugal, Mestre Serafim explica detalhes sobre a TRF e fala dos próximos cursos que ministrará aqui no Brasil.

Oportunidade única!
Só você vai ficar de fora?
As vagas são limitadas.

Confira a entrevista exclusiva:

- O que é a TRF?
É o modo de acedermos à Nova Energia, Luz e Informação e tem por finalidade ligarmo-nos à plenitude original do nosso Ser.
É acedermos à nossa consciência multidimensional, o que também significa que vivemos em várias dimensões.
Ela eleva o nosso potencial interior que é o nosso DNA e torna-nos mais focados.
A cura TRF é a transmissão da intenção ao DNA para alterar a química celular.
A ativação do DNA está ao nosso alcance a partir da Transmissão do Retorno à Fonte.
Ela irá estabelecer uma ligação forte e permanente com a Fonte que está no DNA.
A energia fluirá através das camadas do DNA.
É um método rápido e eficiente para tratar desarmonias físicas, psicológicas, emocionais e espirituais

- Como surgiu a TRF?
A história é longa e faz parte do curso dizer como tudo isto surgiu. Não tenho como em poucas linhas dizer.

- Por que a TRF tem esse nome?
Não sei. Foi assim que me foi dado pelos meus Mestres

- Por que o mestre Serafim é o pai da TRF?
Não sou pai da TRF, sou apenas uma pessoa a quem foi dito, para divulgar e ensinar como se trabalha com esta Nova Energia

- Qual a origem do mestre Serafim?
Ilha da Madeira, Portugal

- Para que casos ela é indicada?
Tudo pode ser curado. Esta Energia é indicada para todos os casos. Podem ser físicos, mentais, espirituais e emocionais.

- Quem pode fazer o curso?
Toda a gente, desde que queira. Não precisa ter passado por outro aprendizado. Precisa estar aberto e recetivo.

- Quais os benefícios já comprovados da TRF?
O primeiro beneficio é que fica mais jovem, mais alegre e com outra disposição para encarar a vida do dia a dia.
Na saúde física, há centenas de casos de cura, em todos os aspetos, como curar ferimentos ou algo partido. Com TRF é mais rápido. Na saúde espiritual, quando têm energias que não são delas tem acontecido se libertarem de alguns encostos que as incomodavam, mesmo que tenha muitos anos.
(Conheça mais benefícios clicando aqui)

- Em quais países do mundo já existem profissionais da TRF?
TRF só tem dois anos, portanto  é muito recente e por causa da língua, por enquanto só existe em Portugal e no Brasil. Já tenho pessoas a fazerem sondagens para expandir pela Europa.

- Quem recebe sessões de TRF está apto a aplicar a TRF também?
Quem recebe TRF recebe uma cura e nada mais. Para aplicar aos outros só fazendo o curso.

- O tratamento com TRF dispensa o tratamento com a medicina tradicional?
Não. Recomendo sempre que, quem está a ser seguido pelo médico deve continuar os tratamentos e as orientações dele. Se achar que melhorou ou mesmo ficou bom, combina com o médico o fim do tratamento .

- Qual o caso mais impressionante até agora de cura com sessões de TRF, que você tenha realizado?
Tanto eu, como os meus alunos temos centenas de casos que já foram resolvidos. Várias senhoras com problemas de tiroide, que já tinham operação marcada e que depois de alguns tratamentos não foi preciso efetuar a cirurgia.
Uma senhora que tinha um prolapso, (útero descido) há muitos anos, já com cirurgia marcada, fez alguns tratamentos e não foi preciso efetuar a operação. No campo emocional tenho uma experiencia muito grande, com depressões e outros distúrbios que têm sido resolvidos. Há pessoas que já andavam há muitos anos no psicólogo e que com alguns tratamentos deixaram de andar nesses tratamentos.
Podem ver por estes sites e blogs o que dizem as pessoas: 

Blog da Scheila: Portal Sagrade - Depoimentos




- É necessário acreditar em algo para ser beneficiado com essa energia?
Não precisa acreditar, mas tem de estar aberto e receptivo.

- Como acontece essa ligação/ comunicação permanente com o nosso Eu Superior (Supra consciência) após “sintonização” com a Fonte?
Isso é o tema do III nível do curso.
Há algo que me ultrapassa e que está para além do que eu transmito por palavras e isso não tenho como explicar. Sempre que dou cursos acontece o inexplicável e isso é feito pelos meus “Mestres” através de mim.
Ainda este ultimo fim de semana dei um curso em Lisboa e eu mesmo fiquei admirado com o que lá se passou!
Já me foi dito, pelos meus Mestres, que a energia deste trabalho não é para explicar é para vivenciar. Estejam abertos e sem criar expetativas durante o curso e vejam o que acontece.

- Você ministrará estes cursos no Brasil?
Estarei no Brasil este ano, do dia 14/09 ao dia 15/10, ministrando cursos em Recife, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.



FATOR QUÂNTICO
Se estas informações chegaram até você não foi por acaso, afinal o acaso nem existe. Então esteja receptivo para estas novas possibilidades em sua vida. Reative o seu DNA Multidimensional. 
Invista em você. Ajude-se. Torna-te quem tu és.

Sobre o Autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

© 2013 Fator Quântico. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9