Destaque

Mural de Retornos Positivos (Feedbacks)

Bob - Depoimento Sobre Sessão de TRF Feita Pelo Mestre Serafim Vieira

- by Dhin Akari

Mestre Serafim
Bob é um leitor do Fator Quântico e passou por sessões de Transmissão do Retorno à Fonte com ninguém menos que o próprio mestre dessa iniciação. A experiência foi extraordinária, trouxe vários benefícios para Bob que ele conta logo a seguir.

Depoimento sobre o extraordinário trabalho do Sr.Serafim

Acredito que a minha experiência com a TRF tenha ocorrido na hora certa, um momento importante de muitas mudanças de hábitos, um momento consciencial de despertar espiritual. Foi uma experiência marcante, extremamente intensa, que aconteceu de forma muito rápida, já que no mesmo dia que em fiquei sabendo da técnica, fui atendido pelo Sr. Serafim. Não tive muito tempo para saber tudo sobre a TRF e de certa forma foi bom assim, fui sem grandes expectativas e hoje entendo que foi a TRF quem me achou e não o contrário, em virtude dos diálogos mentais que surgiram.

Dadas as devidas orientações, me preparei com antecedência para na hora marcada não ter qualquer preocupação. A intenção seria aproveitar esse tempo para curtir um momento meu, um momento de relaxamento total. Na hora marcada eu estava deitado e ainda tentava desacelerar a correria e a ansiedade. Estava marcado para às 18h, deitei 10 minutos antes e fiquei na expectativa. 

Quando achei que o Sr. Serafim tinha esquecido de mim, quando senti alguém bater e depois se debruçar sobre a cama, o quarto estava trancado, apenas uma pequena luz clareava o ambiente. Nessa hora deu um desespero porque eu queria abrir os olhos, mas não tinha certeza se deveria. Foi quando passei a sentir a energia fluir em ondas, em camadas, e muitas contrações surgiam no rosto, na testa, na boca, ao mesmo tempo que sentia puxadas nos músculos e tendões nos braços e pernas, compressões no abdômen, principalmente no intestino que foi todo mexido, contrações tipo daquelas provocadas pelos choques de fisioterapia, sem dor. Determinado momento sentia braços e pernas sem peso, e algo a pressionar o dorso contra a cama como se quisesse impedir de flutuar. Foi quando começaram a fluir repostas as perguntas, não por voz, mas na forma de pensamentos. Algo dizendo, que, se quisesse abrir os olhos eu poderia abrir. Então abri e como nada vi, relaxei.

Depois mais tranquilo entrei num estado de relaxamento profundo, quase um transe, mas em nenhum momento eu dormi ou perdi a consciência. Em determinado momento tive a sensação de conversar com o Serafim e ele com alguém. Alguém poderoso demais, com energia abundante. Nada desse mundo. Era como se ele conversasse com meu subconsciente e que de alguma forma eu também tivesse tal acesso. Surgiram perguntas direcionadas a mim, mas senti como se eles já soubessem as repostas, mesmo assim tinham elas que passar pelo meu nível de consciência. Se achou meio louco, eu digo, também concordo. É tudo muito surreal. Mesmo tendo acontecido comigo, custa acreditar. 

As sensações passaram a agir no meu olho e senti fortes contrações que se intensificavam de várias maneiras. Senti como se meu olho e minha cabeça estivessem sendo operados, com instrumentos não físicos, que entrava e deixavam uma sensação mais aguda na cabeça, como pinças que agissem de algum modo. Nessa hora pensei ser uma máquina e a reposta imediata surgiu, "uma máquina orgânica perfeita". Lembro-me de alguém mencionar a palavra soldado. Nessa hora pensei na possibilidade de ter sido abduzido, mas a resposta a esse pensamento de asno foi instantânea " lembre-se que estás consciente". Pois é, se fosse algo para prejudicar apagariam a minha memória, como ocorre nos relatos de abdução. Também tive a impressão de alguém rir dos meus pensamentos idiotas. Eu mesmo talvez, quem sabe?

Depois de um tempo senti que nada era aleatório, tudo tinha uma ordem de ser e depois de muitas sensações físicas e contrações de todas intensidades e maneiras, veio a sensação de estar vendo imagens, de acessar memórias perdidas. Eu não conseguia acompanhar, tamanha a velocidade que passavam, mas senti todas as represas da emoção virem abaixo. Eu estava calmo, me sentia feliz e tranquilo, mas as lágrimas não paravam de cair.

Teve muito mais, principalmente quanto ao diálogo, mas isto por si só já renderia um novo relato.

Eu sabia que o Sr. Serafim mencionou algo em torno de 30 a 40 minutos, mas tinha passado muito tempo e ainda sentia muitas sensações. Foi quando mentalizei a intensão de ir ao banheiro, de querer levantar. Recebi de forma mental o OK. Dei uma olhada no relógio e passava de 2:30h de tratamento. Quando deitei novamente passaram mais 1:20h, mas fiquei imaginando a ausência do Sr. Serafim e fui perdendo a confiança até que travei. Tinham passados 3:50h e ficou a sensação de ter passado apenas alguns minutos. 
Este foi o primeiro dia.

O segundo dia me surpreendeu, não podia imaginar que seria ainda mais intenso que o primeiro. Poderia ter sido assustador se não tivesse tão confiante, tranquilo e relaxado. Logo de início quando senti perder o controle sobre a respiração, percebi que seria super mais intenso. Foi como se meu corpo tivesse ganho vida própria e fiquei presente apenas na consciência. E foi na respiração a carga total. Meu pulmão encheu tanto que achei que fosse quebrar as costelas, ou partir ao meio, e quando pensei que não haveria mais espaço para o ar, o diafragma vibrava para caber um pouco mais, e assim fiquei retido, sem controlar, sem ter medo de sufocar, sentindo que seria possível ficar assim por um longo período, até que vi soltar o ar e travar novamente com o pulmão todo vazio. Não faço ideia o tempo que fiquei nisso, tampouco o sentido disso tudo, mas a sensação embora sufocante no momento, foi muito boa depois.

Desde o primeiro dia senti algo operando a minha cabeça, principalmente entre os olhos e a testa. Só que desta vez foi mais intenso e depois de muitas contrações eu via luzes violeta e azul, simbolos e letras que nao pude identificar. Mas o que ficou marcado foi uma luz intensa amarela na cabeça cozinhando meus miolos. Algo tão forte que fiquei com medo de causar algum dano cerebral ou até romper a malha etérica (li isso numa apostila de mediunidade). Depois a coisa acalmou mediante este medo. Algo do tipo, por hoje basta. Desta vez tudo não passou de 1:50h de processo.

A partir da TRF, muitos dos sintomas aqui relatados persiste, embora de forma mais tranquila. Sofria pela falta de concentração e interferência de muitos pensamentos ao mesmo tempo, mas a TRF me deixou mais focado e concentrado. Fisicamente sinto-me muito bem, mas agora percebo que as vezes surge uma pressão por trás dos olhos e na testa. Sempre quando acordo ou vou deitar, o processo ocorre por alguns minutos. Mas quando estou muito cansado não. É como se houvesse o atendimento de acordo com o que vc deseja e pretende e sempre respeitando seus limites. Sei que comigo foi intenso pq eu assim queria que fosse, e muitos dos canais para que isso ocorresse eu tinha aberto mesmo antes da TRF. Este maravilhoso método surgiu para intensificar a missão que cada um carrega pra si. Espero assim que possível aprender e ajudar muitas pessoas.

Gostaria de manter contato com as pessoas que fizeram esta maravilhosa terapia e que desejam compartilhar seus sintomas e benefícios, deixo meu email para contato: johnrfm@hotmail.com

Abraços, luz e paz para todos!

FATOR QUÂNTICO
Cura-te a ti mesmo.
-
Saiba mais sobre a TRF clicando no nome dos terapêutas a seguir:

Sobre o Autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

© 2013 Fator Quântico. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9