Destaque

Mural de Retornos Positivos (Feedbacks)

Okimoto - Conversa Sobre "O Salto Quântico Genético"

- by Dhin Akari



Galáxia Andrômeda, em infravermelho.

Um sistema de crenças é um conjunto de valores, princípios ou ideias que foi criado por alguém e instituído como verdade inquestionável. Estes conceitos não são baseados em uma verdade comprovada pela experiência ou pela lógica, são ideias cristalizadas na mente dos indivíduos e por isso são largamente usadas por grandes instituições como a mídia, a ciência ortodoxa e as religiões, para modelar o comportamento humano.

“Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar.” Carl Sagan

O intuito de quem faz o blog Fator Quântico é levar os leitores a uma reflexão sobre todas estas crenças que nos são passadas desde o início da vida e não as questionamos. Você não precisa (nem deve) acreditar em nada só por que está escrito ou por que uma pessoa com status de credibilidade lhe afirma ser real.
É imprescindível que você investigue por si mesmo, seja pelos seus métodos, seja pelos nossos, se o que publicamos tem valor ou não para si.  Se é do seu interesse embarcar nesse longo caminho de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal para, então, ter uma experiência sadia no universo.  É preciso coragem no caminho do autoconhecimento para enfrentar os monstros internos e os monstros que assolam a humanidade.

O diálogo de hoje é com Okimoto, um jovem de 18 anos morador do estado de Rondônia que participou do seminário e foi iniciado no dia 22 de Junho de 2012 e tem bastante informações novas. Tenho certeza de que vão gostar e já aguardo os seus comentários!
  
Fator Quântico diz:
Eaí, Okimoto está com tempo sobrando?
(Risos)
Paulo Okimoto diz:
Agora sim.
:D
Paulo Okimoto diz:
Então Din, como de esperado o Salto foi fantástico, pelo menos pra mim. (risos)
Fator Quântico diz:
Hummm...
Paulo Okimoto diz:
O restante do grupo não se saiu muito bem, não sei porquê.
Fator Quântico diz:
Que bom que tiveste sucesso.
Pois é, estou sabendo que alguns do teu grupo não tiveram êxito na iniciação.

No seminário que o Paulo participou dois de seus colegas não conseguiram ser iniciados. O procedimento padrão de desbloqueio dos chackras ocorreu e sempre é feito com quem vai ao seminário. Mas nem todas as pessoas têm acesso à Supraconsciência, como foi o caso desses colegas do Paulo.
A Supraconsciência pode não falar com seu Elemental por inúmeros motivos; imaturidade da pessoa para lidar com as memórias, proteção da Supraconsciência para que a pessoa não seja localizada por seres poderosos, planos dela para o “destino” do Elemental, etc.
Isso é sempre muito frustrante para quem vai ao seminário e não consegue este contato que é o objetivo principal da iniciação. Neste caso, o facilitador devolve a maior parte do dinheiro. Ou se preferir, a pessoa recebe uma sondagem. Pela sondagem, Bruno entra na Supraconsciência da pessoa e extrai as informações sobre a natureza daquela alma e o motivo da Supraconsciência não falar.
É bom que cada pessoa que pretende ir ao seminário iniciático pense na possibilidade do fracasso. Lembre que isso não é culpa de ninguém e sim uma circunstância imposta pela Supraconsciência. É preciso saber lidar com a frustração.
No caso de não ocorrer o contato com a Supraconsciência, Bruno G. Moraes explica:  
"Ou a pessoa pega boa parte do dinheiro investido devolta [se pagou 1.500,00, eu devolvo 1.100,00], ou deixa eu fazer a "sondagem" que é eu usar da minha vidência para ver as memórias de vidas passadas da pessoa, eu me comunico com a supra dela, e descubro por que ela [supra] não quer responder."

Paulo Okimoto diz:
Mas aconteceram uns fatos bem interessantes.
Fator Quântico diz:
Pode ir falando!
(risos)
Paulo Okimoto diz:
No primeiro dia o Bruno fez as palestras e tal, abordando vários assuntos nos quais já sabia quase todos.
Fator Quântico diz:
Sim.
Paulo Okimoto diz:
Quem acompanha o blog dele tem uma noção ótima do que ele diz.
Fator Quântico diz:
Concordo.
Paulo Okimoto diz:
Aí ele sorteou quem seria iniciado primeiro. Fiquei por último na ordem.
No segundo dia ele começou a medir a áurea e ver os chakras se estavam com implantes e etc..
Desbloqueou um participante do grupo e tal que não teve muito sucesso ao tentar falar com a Supra dele.
Aí no terceiro ocorreu um trem muito doido lá! (risos)
Na hora do desbloqueio , ele começou a sentir frio, e se debater na cama.
O Bruno falou que era normal. Deu uns minutos e ele ficou normal no final do dia.
Fator Quântico diz:
Hum...
Paulo Okimoto diz:
Aí no último dia eu fui no hotel que o Bruno estava para antecipar um pouco.
Lá ele mediu meus chackras.
Estávamos no hotel Luxatel, algo assim o nome.
Passado uns 3 minutos que ele iniciou a medição o quarto em que estávamos começou a fazer um barulho estranho e a tremer.
 O Bruno estranhou e o barulho não parava.
Fator Quântico diz:
Tremer?
Paulo Okimoto diz:
Sim, tremer. Dava pra perceber que não era o metrô.
Paulo Okimoto diz:
A cama que eu estava deitado começou a tremer suavemente e o quarto a ressoar o tremor.
Se não me engano tem gravado. O Bruno gravou com o celular o áudio.
Fator Quântico diz:
Mas que tipo de barulho era?
Paulo Okimoto diz:
Era um barulho como se tivesse tremendo mesmo, tudo tremendo.
Fator Quântico diz:
Vou ver se consigo com ele esse áudio.
Paulo Okimoto diz:
Aí estavamos eu, o Bruno e um amigo que também foi iniciado. O Bruno pediu pra ele ir ver lá fora do quarto se era lá o som. Ele foi e falou que a intensidade fora do quarto era mínima, ou seja , estava vindo do quarto mesmo o barulho.
Ah, e quando começou o barulho e a tremedeira na camaeu sentia como se meu corpo estivesse flutuando.
Não sentia as pernas, os braços pareciam que estavam flutuando mesmo encostados na cama e no exato momento
Fator Quântico diz:
O_O
Paulo Okimoto diz:
E quando digo exato , é exato mesmo! (risos)
Fator Quântico diz:
Sim. (risos)
Paulo Okimoto diz (19:09):
Quando o Bruno disse "terminei a medição", o barulho e a tremedeira pararam! E a sensação de leveza foi-se junto.
Na hora nós três espantamos: "c#####o!!!"
(muitos risos)
Fator Quântico diz:
Uhuu! Fantástico!
Só não entendi quantas pessoas estavam no quarto no momento.
Paulo Okimoto diz:
Eu , meu amigo e o Bruno.
Fator Quântico diz:
Eram três no total.
Paulo Okimoto diz:
Esse amigo foi o que foi conferir fora do quarto se estava vibrando mesmo.
Bem, depois disso fomos pro local do seminário. Lá o Bruno iniciou o "desbloqueio". E ao tentar ver minha senha ele não conseguiu emití-la.
Disse que eu já estava desbloqueado, que ha iniciação tinha sido feita no quarto já. Mas para não haver dúvidas ele fez a energização dos chackras.
Bem, ele disse que nunca isso tinha acontecido com ninguém antes, estranhei...foi estranho.
Fator Quântico diz:
Aham.
Paulo Okimoto diz:
No momento da energização sentia como se tivesse algo por dentro do corpo subindo do chackra base até a região do tórax (...)

Esta sensação é muito comum até mesmo em pessoas que passam por sessões de Transmissão do Retorno à Fonte.

Paulo Okimoto diz:
(...) parecia q tinha uma serpente dentro do corpo, um tanto quente
ou como os ceticos poderiam tentar explicar eram as “lombrigas subindo”
(muitos risos)
 Fator Quântico diz:
Uiaa!!! oO (muitos risos)
Paulo Okimoto diz:
Aí o Bruno começou o interrogatório.
Daí começou a me dar a mesma leveza e me senti flutuando de novo.
Com os olhos vendados estranhei, senti um toque um tanto forte,
parecia até físico, na minha testa ( região do terceiro olho) e o Bruno logo disse: "Bem, os outros participantes estão de prova que não estou tocando em você" (risos)

É muito importante que durante o desbloqueio os demais participantes permaneçam assistindo à operação para testemunharem que não há toques ou qualquer fraude, pois há pessoas que sentem toques em partes íntimas do corpo, por exemplo, o que poderia render muitas complicações (risos).

Fator Quântico diz:
(risos)
Paulo Okimoto diz:
De repente deu uma sensação ruim.
Meu corpo parecia estar dentro de uma betoneira (máquina que mistura o cimento), estava tudo rodando, a respiração começou a ficar pesada, sensações de frio e calor começaram a aparecer do nada em todo corpo.
Bem, e quando eu "revivia, relembrava", sei lá como se fala,
as memórias sobre minha galáxia natal, batia uma saudade muito forte, estranha.
Grilei, (risos).
Fator Quântico diz:
(risos)
Noosssaaa!
Paulo Okimoto diz:
E quando me vi sendo  aprisionado lá pra vir pra Terra ou sei lá pra onde fui...
Naquele momento , não tinha terminado de rever tudo ainda.
Quando eles me capturaram, deu um medo da pega, era como se tivesse acontecendo de novo. Tudo muito estranho. Como sou novo nesse elemental físico, foi tudo muito novo e estranho pra mim, mas foi uma experiência ótima.
Fator Quântico diz:
Ok,vou te fazer pergunta aqui: Como foi então essa vida lá? Me fala do que te lembraste a respeito dessa vida.
Paulo Okimoto diz:
Era uma vida boa sem tecnologia, e sem mal nenhum ou era o que parecia.
Parece que eu habitava uma estrela e tinha forma de um ser plásmico que passava o tempo manipulando o plasma na estrela como forma de diversão.
Muito estranho.
Não tem como eu dizer que foi minha imaginação que criou aquilo...
Fator Quântico diz:
Humm...
Paulo Okimoto diz:
Porque ela só cria a partir de coisas que agente viu sei lá, que estão gravadas. Mas aquilo tudo era novo pra mim, realmente estranho.

Boa esta observação do Paulo. Há quem suspeite que essas memórias de vidas passadas em outras dimensões são imaginárias, mas isto não tem o menor cabimento, pois nossa mente só trabalha com dados que foram inseridos nela através dos sentidos básicos (visão, audição, etc.). Tanto é que todo mundo que faz o Salto Quântico Genético tem uma frustração muito grande geralmente, por que as memórias destroem toda a ideia que nós criamos sobre nós mesmos.  Falo isso por experiência própria. Fui ser iniciado pensando que lembraria de ser uma alma muito boa e poderosa, mas a verdade sobre mim foi avassaladora e oposta ao que eu pensava. Isto acontece com várias pessoas que vão com ideias parecidas a exemplo de quem por alguma outra técnica “descobre” suas vidas passadas como alguém que viveu com Jesus, foi rei no Egito e todas as fantasias muito comuns nas terapias de vidas passadas.
O que nós imaginamos sobre nós é sempre baseado nas informações presentes na mente Elemental (que se diferem das informações da Supraconsciência), no nosso ego, nas nossas fantasias e na imaginação, limitada como ela é.

Fator Quântico diz:
Qual a forma que você tinha?
Paulo Okimoto diz:
Uma forma um tanto humanóide só que  sem olhos, boca e não tinha diferença entre homem e mulher. Era tudo igual.
Fator Quântico diz:
oO
Paulo Okimoto diz:
Por alguma razão gostávamos de dragões (risos), pois as formas que eram manipuladas tinham formas de dragões, ou serpentes grandes.
Fator Quântico diz:
(risos)...
Paulo Okimoto diz:
Muito louco.
Fator Quântico diz:
Sabe qual era a estrela, constelação?
Paulo Okimoto diz:
Não era nessa galáxia.
Era na galáxia de Andrômeda, impressionante
Que eu nunca tinha visto e descrevi o local que ela ficava com precisão
só baseado nas memórias.

Mais uma afirmação que dá consistência a este trabalho. Eu também, na minha iniciação, descrevi uma galáxia que eu jamais soubera que existia na vida. E posteriormente com a prática em casa, obtive nomes e informações sobre outros locais e acontecimentos do Universo.

Paulo Okimoto diz:
Bem , o Bruno pra mim provou ser realmente um clarividente e eu aprovo o que ele faz.
Fator Quântico diz:
(risos)
Sim.
E como tu veio parar aqui na Terra depois dessa vida lá?
Paulo Okimoto diz:
Então, “os mané dos ET doido lá” começaram a “ tacá” umas bombas muito estranhas na estrela que eu ficava. Parece que fiquei com medo porque na hora me deu uma sensação enorme de medo e tentei fugir de algum jeito que não  me foi mostrado.
Me solidifiquei ( o.o ), virei um cristal com uma luz azulzinha dentro
tentando fugir, mas acabei sendo capturado do mesmo jeito.
Fator Quântico diz:
Eita... complicado de entender... Virou um cristal com uma luz azul dentro?
Paulo Okimoto diz:
Né?
Uma bola azul, não sei se eu era o cristal
ou se o cristal era só pra proteger essa bola azul.
Depois me vi dentro da ''nave'' dos ETs que cortaram esse cristal, com um tipo de laser sei lá, uma tecnologia bem estranha.
Eles retiraram a bola de luz azul intensa do cristal ao cortarem ele no meio
e colocaram tipo num recipiente apropriado.

Ao que parece, a alma do Paulo foi retirada do pequeno corpo de cristal e armazenada em estado criogênico para ser utilizada noutro momento. Isto é muito recorrente nas memórias.

Paulo Okimoto diz:
Era feito para aquilo.  Enquanto isso , observei bem os detalhes do lugar que estava. Era tudo muito detalhado, não tinha como ser imaginação.
Foi um tanto estranho, é como estar no cinema e sentir as emoções do personagem principal.
Fator Quântico diz:
Sim, como eram esses ETs?
Paulo Okimoto diz:
Muito parecidos com os reptilianos nessas fotos da internet
Só que a cabeça era um pouco mais alongada e usavam um traje de metal bem lustroso no peito, não muito grande como se fosse um topzinho das mulheres só que sem a parte do seio (risos)
Fator Quântico diz:
(risos)
E então, logo depois o que vem?
Paulo Okimoto diz:
Então, parece que estávamos rumo a algum lugar, mas entrou numa névoa verde. Aí o Bruno começou a fazer perguntas referentes à Terra de qual foi minha primeira vida aqui e tal.
Fator Quântico diz:
Aham, “ta” ok.
Paulo Okimoto diz:
Vou investigar mais. Estou meditando pra falar com a supra todos dias, mas ela não fala muito sobre isso.

O ideal para quem faz o SQG é praticar todos os dias em casa para manter o canal de comunicação com a Supraconsciência bem aberto e aprender a distinguir a “voz” dela das interferências da mente. Quem não pratica regularmente não perde esse canal de comunicação, mas tende a ter mais dificuldade a cada prática ocasional.

Fator Quântico diz:
Antes de eu te perguntar sobre essa vida, do que tu estavas falando mesmo? (risos)
Paulo Okimoto diz:
Ah sim , sobre a forma dos ETs.
Fator Quântico diz:
Isso!
Paulo Okimoto diz:
Então a palavra, draconianos me vinha muito constantemente na cabeça quando olhava pra eles, acho que até falei pro Bruno isso.
Fator Quântico diz:
Sim.
Paulo Okimoto diz:
Parece que não sou uma alma "velha" só tenho alguns milhões de anos =\
(risos), mas vou investigar mais...
Fator Quântico diz:
(risos) É um jovem mesmo!!!
Paulo Okimoto diz:
...e se ainda tiver interessado posso te contar (risos)
Fator Quântico diz:
Aaahh, óbvio que estou interessado!
Paulo Okimoto diz:
(muitos risos)
Você deve estar muito ansioso pela sua  iniciação, né?
(risos)
Fator Quântico diz:
Bah, nem me fala!!!

A minha iniciação aconteceu em Agosto de 2012 e meu depoimento entrará no ar no dia 21.12.2012, no qual vou relatar com detalhe tudo o que aconteceu no seminário e algo do que descobri sobre mim.

Fator Quântico diz :
O que mais aconteceu nesse teu processo?
Paulo Okimoto diz:
Acho que isso mesmo.
Enquanto revia as memórias, por exemplo, quando me machuquei numa vida aqui senti uma dor no local e era o único local no qual meu chackra estava sujo. Parece que foi aquilo que fez com que o sujasse.
E eu tenho uma dor terrível ali... tinha né!? (risos)
Parecia que o osso mastigava-se um com o outro.
Agora nem está dando mais isso. Quando eu ia treinar essa dor me atrapalhava muito. Ainda não tive tempo de voltar pra Vilhena (cidade natal) e dar uma treinada de Kung Fu, mas pelo o que to sentindo quando dou umas corridas matinais vejo que essa dor se foi mesmo.
Tomara que nunca mais volte!
(risos)
Muito interessante, as emoções vêm a flor da pele.
Fator Quântico diz:
Sim, e teus amigos por que não ficaram satisfeitos?
Paulo Okimoto diz:
Então, ele queria falar com a supra dele normalmente, né?
Mas não está tendo muito sucesso sozinho não.
Só com acompanhamento do Bruno mesmo, por isso.
Mas ele sente a energia das mãos um tanto mais forte.
Ele fez a iniciação para a TRF e sente uma energia. Depois do salto diz ele que ficou mais forte.
Fator Quântico diz:
Hum...
Paulo Okimoto diz:
Bom Din, vou ter que ir ali arrumar uns quadros pra minha tia.
A casa aqui está em reforma, (risos).
Fator Quântico diz:
Sim, sim.
Paulo Okimoto diz:
Até breve, abraços!
Fator Quântico diz:
Obrigado.
Abraços!




FATOR QUÂNTICO
''Conhecer os outros é ser inteligente.Conhecer a si mesmo é ser iluminado.' (Lao Tzu)

Sobre o Autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

© 2013 Fator Quântico. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9