Destaque

Depoimento RTS - Caroline Vendrame

A Carne É Fraca

- by Dhin Akari

O que mais se ouve das pessoas que se consideram "despertas", "espiritualizadas" e todos os outros termos que nosso ego nos presenteia, é uma gama enorme de palavras bonitas, frases poéticas, críticas ao jeito-de-ser humanos (dos outros humanos, claro), pois acreditam que as mazelas do mundo são culpa nossa (clique aqui). Você percebe que faz isso? Ainda que elas não tenham sido criadas por nós, existem coisas que podemos fazer para eliminá-las ou amenizá-las, no mínimo, para poder existir em maior sintonia com a Terra.

A questão a qual quero levar você é a seguinte: o que você faz efetivamente para tornar o mundo melhor?

As práticas religiosas e espiritualistas, com certeza tem alguma repercussão nas suas energias e na frequência da sua vibração. Mas isso produz quais resultado concretos para humanidade? Você está cuidando da sua "evolução" ou da evolução de todos os humanos? 


Quando se trata de mudar, ainda mais em virtude dos outros, você sequer se sente motivado a agir, e depois se considera "desperto", "evoluído" e "consciente". Quanto tempo mais pode durar esta ilusão?

Todos os dias, milhares de seres nascem e morrem simplesmente para satisfazer o paladar de humanos. Eles, assim como você, tem alma, emoções, vínculos afetivos e organização social. Mas você não está pronto para abrir mão do seu prazer por isso, não é mesmo? Afinal você sempre comeu carne a vida toda, "não consegue viver sem carne", "adora um churrasco", "os animais foram feitos para isso", "eles são inferiores", "é a cadeia alimentar" e todas as outras coisas que arrogantemente saem da sua boca.

Os vegetais também são seres vivos, de menor complexidade, dotados de alma e emoções. Porém, para a maioria de nós ainda é necessária a alimentação física (clique aqui). Ainda que seja necessário o abatimento destas formas de vida, a produção de vegetais tem impacto incrivelmente menor na natureza e a produção em larga escala seria suficiente para a erradicação da miséira no mundo, além dos benefícios medicionais do seu consumo, como você poderá entender ao final do artigo.

Qual a diferença entre nós e os animais?
Porque comê-los se  podemos viver sem  o seu sacrifício?
Temos tecnologia e conhecimento suficiente para produzir
 outras fontes de nutrição realmente saudáveis.
Pare de sacrificar vidas!
Abrir mão do consumo de produtos de origem animal não implica, nem um pouco, em deixar de sentir prazer ao comer. A culinária vegetariana é absolutamente rica e o próprio paladar de quem adota outra dieta se modifica, assim você vai conseguir saborear outros alimentos e ter tanto prazer quanto tinha com os de origem animal (ou até mais!).

A transição entre dietas deve ser acompanhada por um nutricionista. Alguns destes profissionais são contra o abandono ao consumo de carne, provavelmente por que eles também estejam fortemente doutrinados por este hábito vergonhoso. Ou ainda, a sua ciência lhes condicionou a pensar de tal forma. Porém existem vários profissionais de saúde que vivem e ensinam a viver de uma forma completamente em consonância com a vida e a natureza.




As carências de alguns nutrientes que são noticiadas em vegetarianos, também são encontradas em carnívoros nos mesmos percentuais. Portanto não é o consumo ou não de carne que vai determinar se alguém é mais saudável. Nos links acima você pode conferir algumas informações necessárias sobre o quão benéfica é a dieta vegetariana. 

"Fácil é defender cães e gatos, difícil é deixar de comer vacas e porcos!!" Guilherme Ricoy

A alimentação vegetariana facilita os processos energéticos necessários para a projeção astral além de manter sua vibração constantemente mais elevada. Quanto mais você se eleva, mais fácil será para alcançar níveis superiores de consciência.

Durante o abatimento, por mais rápido que seja, o animal sente o rompimento com o corpo e até que se desconecte dele, fica imprimindo neste suas sensações negativas da morte repentina e violenta contra o fluxo da natureza. Essas mesmas informações impressas na carne são as que você ingere e por sua vez transmite ao seu corpo. Quando você come carne, você come morte. Assim ocorrem desequilíbrios no magnetismo natural do sistema (corpo físico e os sutis) que pouco a pouco vão tornando o individuo mais doente em todos os níveis.


Quando come a carne de um animal está ingerindo vários aditivos químicos, hormônios que foram inseridos na alimentação e modificação fisiológica do animal para que se tornasse mais comercial.

Então, se você reclama da miséria em que alguns povos vivem, se considera uma pessoa politicamente consciente, por que não se torna a mudança que quer ver no mundo?

Se você ainda não consegue alcançar este nível de compaixão pela vida dos outros seres que coabitam a Terra, nem consegue se tornar a mudança que quer ver no mundo, então não vale a pena sair por aí reivindicando certas mudanças.

No breve documentário de produção brasileira disponível abaixo, você vai poder entender como a alimentação carnívora prejudica a biosfera, as doenças que causa e também como ela mesma é principal causadora da fome no mundo. Confira em "A Carne é Fraca":





Sobre o Autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

© 2013 Fator Quântico. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9